loja kingpin books

_

Uma antiga Drogaria na rua Quirino da Fonseca, em Lisboa, deu lugar a uma Loja/Galeria de Banda Desenhada, a Kingpin Books.

Uma sequência de espaços – Livraria/Galeria de exposição de originais – Salas de workshops – Gabinete – Cafeteria, são atravessados por um eixo visual que percorre todos os espaços até encontrar a imagem de uma nespereira através do grande envidraçado em ferro e vidro, que ocupa toda a fachada tardoz do espaço. Esta área foi totalmente pintada de preto para enfatizar toda a luz natural que entra através do extenso envidraçado.

O desenho, a linha ou o traço preto, elementos identificativos da banda desenhada, são utilizados para delinear os contornos do espaço tridimensional. Os elementos arquitectónicos como vãos, rodapés e sancas, são definidos com estas linhas pretas.

O tecto existente é vigado e ao invés de ocultar optou-se por densificar com outras vigas, falsas, criando caixas de luz também “desenhadas” a preto. Do ponto de vista conceptual, assemelha-se às vinhetas das páginas de banda desenhada.

Ao centro do espaço uma peça de equipamento é balcão de atendimento e banco de apoio à leitura – uma instalação em aço e madeira lacada a preto e branco.

O amarelo foi a cor eleita para algumas peças de mobiliário, para intensificar a luz das duas grandes vigas da Livraria/Galeria e também para separadores de temáticas a expor nas estantes. Preto e amarelo fazem um forte contraste gráfico, à semelhança das inúmeras lombadas expostas.

 

Colaboração: Marco dos Santos

Área de Intervenção: 80m2

Cliente: Mário Freitas

Datas: 2008

Fotografia: FG+SG Fotografia de Arquitectura

 

FG + SG – Fotografia de Arquitectura | www.ultimasreportagens.com

Europaconcorsi | www.europaconcorsi.com